psicologo

José Roberto Andreotti

Rua Miguel Andrade Roque, 81 - SP

   (11)95194.6253 (Tim)(WhatsApp); 2774.3173(fixo)


>>voltar página principal                         


"Click" nos temas para obter informações:
>> Ansiedade   
>> Depressão  
>> Pânico e Agorafobia    
>> Fobias e Medos

>> Estresse Pós-Traumático  
>> T. Obsessivo Compulsivo    

>> Transtorno Bipolar    
>> Ansiedade Social   
>> Problemas Sexuais  

>> Estresse    
>> Transtornos Alimentares  
>> T. Comportamental e Cognitiva

Ansiedade


ANSIEDADE

> Estado emocional desagradável que vai do vago desconforto ao medo in­tenso.
 
> Sensação de desastre iminente, mesmo não havendo nenhuma amea­ça real, e certos sintomas físicos e psi­cológicos. Uma certa dose de ansieda­de é normal e serve para melhorar o desempenho.
 
> A ansiedade toma-se um sintoma quando começa a inibir o pen­samento e a perturbar as atividades normais do dia-a-dia

.

SINAIS E SINTOMAS

> Os sintomas físicos mais comuns estão relacionados ao peito:
 
. palpitações (percepção de batimentos cardía­cos mais fortes ou mais acelerados),
 
. dores pulsantes ou lancinantes, sensa­ção de aperto e de incapacidade de ina­lar ar suficiente e uma tendência a sus­pirar ou respirar demais,

. tensão muscular causa dores de cabeça, espasmos no pescoço, dores nas costas, punhos apertados e incapa­cidade de relaxar,
 
. Inquietação, tremor das mãos e uma sensação de cansaço também são comuns
 
. formigamento ou um espasmo dos braços segue-se às vezes à hiperventilação,

. sintomas gastrointestinais incluem boca seca, sensação de soltura, diarréia, náuseas, mudanças do apetite, arrotos constantes e dificuldade para engolir. Alguns chegam até a vomitar ou ter for­tes dores que assemelham-se às provocadas por doenças sérias,
 
. transpi­ração, enrubescimento, palidez, verti­gem, cabeça leve, bocejos e uma neces­sidade freqüente de urinar e defecar, 
 
. sensação constante de que alguma coisa ruim vai acontecer,
 
. Podem temer estar com uma doença crônica ou perigosa (medo que é re­forçado por seus sintomas físicos) ou preocupar-se com a saúde e a segu­rança de seus familiares e amigos,
 
. O medo de perder o controle também é comum. 
 
> Com freqüência, a ansiedade leva a um aumento da dependência em relação aos demais, irritabilidade, sensação de cansaço e uma tendência a frustrar-se com facilidade.
 
> A incapacidade de relaxar pode le­var a dificuldades para adormecer e a uma vigília constante durante a noite. Os pesadelos ocorrem com freqüência.
 
> Sintomas estranhos, mas comuns, são:
 
. despersonalização (a sensação de estar separado de si mesmo),
 
. sensação de irrealidade (a pessoa sente-se separada do mundo).
 
Estes sintomas podem sur­gir de repente e durar muito tempo, le­vando algumas pessoas a sentirem medo de estar ficando loucas.
 
 
 

TRATAMENTO  

 
> A tranqüilização, a terapia de apoio psicológico e a psicoterapia são usados, assim como os medicamentos ansiolíticos (especialmente as benzodia­zepinas).
 
 


 

>>voltar página principal